quarta-feira, 22 de abril de 2009

XIX 25 DE ABRIL

25 de Abril

Venho desejar a todos que o cheiro da Liberdade de Abril continue sempre a perfumar o dia 25. De certeza que trinta e cinco anos atrás, muitos dos leitores deste blog viveram este dia em cheio, que o esperavam e o aguardavam! Eu, na altura era demasiado pequeno para perceber o que se estava a passar. No meio em que vivia, o obscurantismo e a longa noite fascista tudo ofuscara, tudo cegara e amedrontara. Ninguém sabia o que estava a acontecer, ninguém sabia que a revolução cheirando a cravos chegara à rua, que a Liberdade vencera a tirania.
Por isso hoje, continuo a deixar aqui os parabéns e o meu agradecimento a todos que de alguma forma com as suas ideias, com os seus protestos, com os seus pensamentos contribuíram para que este cheiro a Liberdade chegasse até nós. Deixo-vos também aqui o meu desejo e a minha esperança que as actuais gerações e as gerações vindouras consigam preservar e continuar a apreciar condignamente o que realmente significou
ABRIL.

8 comentários:

Isamar disse...

Cabe-nos a nós, Vítor, não deixar cair no esquecimento que um dia nos vimos privados da liberdade e no mais indigno obscurantismo. Lutemos por uma sociedade mais justa, mais igualitária, mais solidária.
Eu lutei pelo 25 de Abril, vivi-o ao vivo e está entre as alegrias insquecíveis da minha vida.

Bem-hajas!

Beijinhos

p.s. Espero que voltes à net com mais assiduidade. Vi-te no Domingo de Páscoa mas a solenidade do acto não me permitiu fazer-te um adeus.

João Norte disse...

Faremos o possível. Escrever, ter um blogue é já uma liberdade que Abril nos trouxe. Aqueles como eu que viveram a ditadura sabem bem que nada disto seria possível

elvira carvalho disse...

Longe na altura não vivi nada da alegria de que falam,no 25 de Abril, antes outras preocupações.
Não concebo uma vida feliz sem Liberdade, e sei bem como era antes do 25 de Abril.
Mas Liberdade sem pão, também não faz ninguém feliz e vejo como vive grande parte do país.
Penso que os objectivos do 25 de Abril, ficaram só pela metade, e mesmo essa metade, vejo-a cada dia mais ameaçada, pelos falsos democratas que nos governam.
Um abraço e bom fim de semana

elvira carvalho disse...

Por favor pode deslocar-se ao Sexta? Muito obrigada.
Um abraço amigo

Kok disse...

Partilho do que escreves neste post! Ainda que nem tudo tenha sido perfeito, o chegarmos até aqui já valeu, por comparação ao anterior estado de coisas.
Um grande abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

E para quando um 1º de Maio neste blog? É que está demasiado parado!

Abraço!

Odele Souza disse...

Concordo com um dos comentários acima. Antes, nem mesmo escrever nossos textos - como os escrevemos - em um blog era possível. Algo portanto melhorou, mas que isto não nos faça sentir acomodados e busquemos sempre por exigir nossos direitos.Em sua totalidade.

Um forte abraço pra ti.

elvira carvalho disse...

E então amigo? Está tudo bem?
Tanto silêncio preocupa.
Um abraço e bom fim de semana