sexta-feira, 13 de junho de 2008

XI- A Cidade e o Futebol

Cidade sem sol
Triste, fria!
Cidade sem sol
Sem luz do dia
Cidade sem sol
Negra, escura, impura
Triste vagabunda
Sem ser fecunda
Cidade com sol
Alegre, viva
Cidade com sol
Grande e altiva
Cidade com sol
Grande, bela, pura
Cidade verdura
Cidade com sol
Cidade em dia de futebol!




Vitor Barros

14 comentários:

amigona avó e a neta princesa disse...

As cidades são tudo isso e muito mais...umabraço e bom fim-de-semana...

lena disse...

Vitor, gosto deste "correr"

e brinco um pouco

"sem sol
sem luz do dia
triste vagabunda
não tem vida
a cidade
que não é minha!"


foi um deambular em versos teus

a cidade é linda com sol,
num dia de futebol!


sei que gosto de te ler e muito, fico pequena na delicia do que partilhas

obrigada por todos estes ,momentos

o meu abraço amigo

beijinho para ti e estou mesmo que as palavras não fiquem

lena

elvira carvalho disse...

A cidade fica sempre alegre e viva, quando há futebol. Ainda que chova a cântaros. A cidade sempre festeja as vitórias de futebol, ainda que tenha a barriga e o bolso vazio. Grande remédio é o futebol.
Gostei do poema.
Bom fim de semana
Um abraço

MRC disse...

Um abraço também.
Tenho acompanhado os artigos no Notícias de S.Brás.
Estamos bem servidos com o Vitor a escrever assim.
S.Brás é pequeno mas por dentro é muito muito grande !

A paginadora disse...

Olá Vitor
Gostei do poema.

Gosto da cidade
com vida dentro,
um mar de gente
feliz num turbilhão
correria, movimento
reboliço,novidade
Um povo contente
agitação
Gosto da cidade
com coração.

Um abraço e bom fim-de-semana
Amaria

Bichodeconta disse...

Deliciosas palavras.. É sempre tão bom passar por aqui, parar e ler as maravilhosas história, em prosa ou quando a poesia se apodera das tuas emoções.. Eu sonhei? ou há por ai um livro que eu gostaria muitode ler? Como posso adquiri-lo? um beijinho, ell

Verônica Martinelli disse...

Características de uma(umas)cidades...Nem Péle seria tão brilhante....(pretencionismo meu?)


beijos.

Sophiamar disse...

Mano, Amigo, Vítor!

Isto é imperdoável! Um poema de que gostei muito e ainda não comentado. Como é que eu fiz isto? Já o tinha lido e depois pensava tê-lo comentado mas não o fiz ou não carreguei no enter.
Gostei do poema!Gostei da estrutura que utilizaste, da rima, do verso curto, do ritmo, da repetição sucessiva das palavras no início do verso ( anáfora)... enfim gostei da obra do poeta.

Continua, Vítor! E vai guardando.
Beijinhos

Laura disse...

cidade com sol ou sem sol é a mesma que o nosso interior..e com o mau futebol que tivemos, vai ficar toda cheia de nevoeiro..
Beijinho a ti moço Victor...da laura..

Miguel Barroso disse...

Enevoa-se no enregelar da decepção do golo e ilumina-se na alegria de outro. osmose citadina? Abraços do EU, SER IMPERFEITO e d´A SEIVA

jomaolme disse...

Há algum tempo que cá não venho. E ainda não consegui bem perceber porquê...é que adoro o que escreves!!!

Beijokas

lena disse...

passei para ler algo novo, acabei por relei o que já me tinha prendido

e a brincar continuo

" cidade do sol verde
onde a luz
é verdadeira
cidade amadurecida
airosa
bela
cidade domingueira
vestida de cores
em dia de futebol"

um abraço terno amigo Vitor

beijinhos

lena

elvira carvalho disse...

Passei. Deixo um abraço e votos de boa semana.

Bichodeconta disse...

Subject: vai sair um livro colectivo com textos meus
To: VB


e de mais 18 participantes num jogo que se desenvolveu no EREMITÉRIO - http://eremiterioblogspot.blogspot.com/
em torno de 12 palavras de partida.
O livro terá cerca de 180 páginas e será publicado pela EDIUM Editores - PVP 13,00€ - apresentação em Novembro, datas a marcar.
Se quiseres podes, desde já fazer reserva através do site da Editora -Beijinho, ell

http://alvesbesuga.blogspot.com